segunda-feira, 9 de setembro de 2013

GAVE a escrever direito por linhas tortas desde 2008


Na faculdade onde fiz o meu 1º ano não éramos muitos alunos na mesma turma, cerca de 65. E em todas as cadeiras, na primeira aula, toda a gente tinha de fazer uma breve apresentação em que dissesse o nome, de que distrito vinha e se estava no curso que queria. E eu em todas as minhas apresentações disse que não estava no que queria, que só estava ali porque não tinha conseguido entrar em psicologia no Porto. Aí os professores respondiam-me que haviam já alguns enfermeiros que tinham também uma licenciatura em psicologia e que podia seguir esse caminho caso não quisesse desistir do curso onde estava. 

Na altura pensei que fosse uma opção. Mas hoje, passados 2 anos, já penso de forma diferente. Não conseguia estudar mais 5 anos para completar as 2 licenciaturas. Vou ser sempre uma enfermeira com uma vertente de psicóloga mais activa, mas sem formação a esse nível. 
Quando vi que tinha ficado em enfermagem fiquei com receio de não gostar. Só coloquei essa opção por estar na área da saúde, mas hoje sei que é o que quero fazer o resto da vida. 

Portanto, o GAVE baixou-me a média lá com aqueles exames deprimentes nos meus anos, mas até acabou por não ser tão mau. Perdeu-se uma psicóloga, ganhou-se um projecto de enfermeira.

9 comentários:

Hibiscus disse...

E que bom que é ser enfermeira :)Também não é o que eu queria mas após 3 anos concluidos posso dizer que gosto do que estudo.

Z disse...

Oh podíamos ter sido colegas xD

Janne disse...

tudo acontece por uma razão (: vai tudo correr bem!

Bárbara Silva disse...

És enfermeira ? :)

Hibiscus disse...

R: Sim estou :)

Francisca disse...

é verdade, as médias este ano foram muito baixas.

Xana disse...

Pelo menos sentes te bem agora

imparfait2 disse...

Esta eu não sabia :)

Estudas onde?

Beijinhos

Amy ☮ disse...

podes juntar um bocado as duas profissões :)