sábado, 2 de novembro de 2013

A casa dos segredos inspira-me


Acho que é sempre muito fácil para as pessoas dizerem "eu nunca permitiria que me fizessem aquilo", "eu nunca aceitaria que me tratassem assim" ou "eu nunca agiria assim". É fácil julgarmos uma situação ou uma pessoa quando estamos de fora porque vamos sempre ser relativamente racionais. Mas eu também já vi muita gente a aceitar situações que nunca imaginei que pudessem  aceitar, a agir de formas que sempre criticaram quando estavam de fora. Porque quem está na situação tem sentimentos à mistura, e isso muda tudo.
Isto tudo a propósito da Sofia da Casa dos Segredos. Porque eu de vez em quando vejo o programa e ou a vejo a discutir com a Débora ou a vejo a humilhar-se perante o ex-namorado, a pedinchar carinho e atenção.

5 comentários:

A. M. disse...

concordo!

Aricia disse...

Eu não vejo a casa dos segredos com regularidade mas também fiquei com essa sensação mas, digo-te, que isso também é um pouco pelo facto de estarem ali fechados. No outro dia tive uma conversa com uma colega acerca de violência doméstica em namorados e é algo que a mim me ultrapassa. Eu gosto muito do meu namorado mas se ele um dia que fosse me batesse era o fim. Não admito que ninguém me bata, ninguém mesmo.

Amy ☮ disse...

e estás a favor ou contra a sofia? :)

r: esqueço-me de tudo e depois só digo baboseiras xD
não sei, as coisas estão a passar mas ainda sinto o mesmo! é um sentimento estranho! :s
se eu for para o porto, apanho LOGO o sotaque, adoro a maneira como falam *.*
acho que em todo o lado já se começa a dizer asneiras a dar com pau x)
por alguma razão tenho baixa auto-estima... :/
amy never vacila :p

Daniela F. disse...

Concordo

Hope Clark disse...

Ora nem mais.
Concordo, principalmente no sentido geral.

Hope*