quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

São relações


Não me lembro de uma única vez os meus pais me terem dito que tinham orgulho em mim. Ou de me terem dito simplesmente que gostavam de mim, que era uma prioridade para eles. Não me lembro de uma única vez ter chegado a casa depois de ter estado uns dias fora e de receber um abraço ou um beijo deles. 
Eu não me estou a queixar de falta de afecto ou de falta de atenção.Simplesmente a nossa relação nunca foi feita à base de emoções. 

7 comentários:

Mariana disse...

Comigo passa-se um pouco o mesmo. Mas o meu pai diz-me várias vezes que tem orgulho em mim e que nós (filhos) somos prioridade :) quanto a abraços e beijos, é como tu. O que importa é que saibamos que nos amamos uns aos outros, mesmo que não o demonstremos.

A. M. disse...

em minha casa é igual :/

JS disse...

What?
Diz.me que está a gozar. :|

Taras e Manias disse...

quem sabe um dia terás esse tipo de relação com teus filhos e te sentirás melhor e realizada

Sónia
Taras e Manias

Aricia disse...

Deixa lá que acontece o mesmo cá em casa.

Amy ☮ disse...

os meus pais também não são muito de afetos e coisas assim. mas experimenta dar-lhes um carinho! vai ser mau dizer isto mas um dia podes querer e podes não ter :/

annie l. disse...

E aqui comigo e a mesma coisa.