quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A ignorância é confortável


Estou a tirar uma licenciatura na área da saúde, há 3 anos que falo exaustivamente de tudo o que tenha a ver com doenças e tratamentos, e sei perfeitamente a importância de fazer análises e exames com regularidade. Mas mesmo assim, sempre que tenho uma consulta ou qualquer exame de rotina fico com alguma ansiedade. Se calhar é por estar tão por dentro de tudo o que tenha a ver com saúde, por saber demasiado, porque em coisas a ignorância é confortável. 

15 comentários:

Mariana disse...

Não estou na área da saúde mas tanto a minha licenciatura como o mestrado deram-me conhecimentos nessa área. E sim, às vezes mais valia não saber certas coisas :s

Diana Moura disse...

Da última vez que fiz tudo a que exames de rotina têm direito, estava muito apreensiva com o electrocardiograma porque nunca tinha feito e..... descobri que tenho taquicardia.

:S
DMoura

http://drsmoura.blogspot.pt

Diana Moura disse...

nomeei-te para os Liebster Awards, espero que tenhas um bocadinho para participar.
qualquer dúvida, pergunta

DMoura

Nicki C. disse...

Verdade :s

JS disse...

Pode ser confortável, mas mata.
Há uns anos fiz uns exames de rotina e num RX lá estava: cancro no pulmão.
Se não tivesse sido aquele RX providencial, provavelmente quando começasse a ter sintomas já era tarde.
Não digo que não fico nervoso, mas como sei que devo a vida a um exame, não espero que o médico se lembre de mim. As últimas análises fui eu que as pedi. :)

Aricia disse...

Ainda bem que eu sou ignorante nestes casos ahaha

Patrícia disse...

Eu sou super medrosa também

Mara disse...

também fico um pouco assim ...

Gabi. disse...

muito muito obrigada querida <3

F. disse...

é confortável o cara***
r: Obrigada :')

F. disse...

é confortável o cara***
r: Obrigada :')

F. disse...

é confortável o cara***
r: Obrigada :')

Daniela F. disse...

Eu sou um pedacinho ignorante
r: Obrigada pela opinião

Elena disse...

deves ter razão...eu só q.d quanto a isso :)

Hope Clark disse...

Eu acho que a ignorância em muito aspectos acaba por ser uma coisa boa...