terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Acho piada


Acho piada quando ouço as pessoas dizerem que só se envolvem até certo ponto e que não querem deixar as coisas ficarem demasiado sérias. 
Eu também já fui das pessoa que disse isso. E sei que nunca funciona. Pode-se ser a pessoa mais racional do mundo, pode-se pensar que se tem 100% de controlo sobre a situação, mas a verdade é que a partir de certo ponto deixamos de o ter, quer queiramos quer não. E nem nos apercebemos disso. A partir de certo ponto não nos envolvemos se quisermos, envolvemo-nos se a outra pessoa quiser.
Porque quando há sentimentos, não há racionalidade que seja mais forte.

14 comentários:

JS disse...

Esse calculismo só resulta em relações superficiais. O amor é algo de muito mais profundo, que não há como suster.
Amar é como respirar: ou se respira, ou se morre. :)

A disse...

Não podia concordar mais :)

Gabi. disse...

concordo contigo :)

Margot disse...

eu sou uma das que ainda acha que essa táctica resulta :)

Mara disse...

mesmo!

Hibiscus disse...

Concordo contigo :)

Margot disse...

pois, estou a reparar agora :c
r: deixa-te estar, que não resulta, mas pronto, é mais 'segura' -.-

Blackbird disse...

Nunca tentei fazer isso mas acho mesmo que não funciona... Os sentimentos não se conseguem simplesmente controlar!

Insanely It disse...

Concordo! Essas coisas não se controlam, acontecem :)

GIVEAWAY no blog.
Participa aqui: http://insanely-it.blogspot.pt/2014/01/giveaway-insanely-it-x-joana-boulevard.html

Margot disse...

r: oh e logo eu que sou perita em desesperar, mas pronto, tenho de parar com isto :)

Noa disse...

Já vi pessoas que conseguiam fazer isso ;) difícil mas consegue-se.

Laura disse...

Grande verdade!

Catarina Canhoto disse...

É verdade. Nada ganha ao amor... quando damos por nós, já nao estamos a fazer as coisas por nós e sim por a outra pessoa.

Boneca de trapos disse...

Concordo... Já tentei estar em relações e assim e acabou sempre por dar para o torto... Ou me apaixonava por essa pessoa ou essa pessoa fazia com que eu sentisse ainda mais a falta de quem eu realmente gostava...
Enfim o que é que eu posso dizer sou uma apaixonada crónica!

http://bonecadtrapo.blogspot.pt/