sábado, 4 de janeiro de 2014

E assim foi uma viagem perdida



Há uns dias atrás o meu pai chegou a casa a dizer que na sexta (ontem) tínhamos a festa surpresa de um tio que fazia anos. Ontem a meio da tarde, como já ninguém se lembrava da hora, o meu pai mandou uma sms à minha prima (filha do aniversariante que está a organizar a festa) a perguntar a hora da festa, e a minha prima limitou-se a responder que eras às 21h. 
Tudo certo então, jantámos mais cedo e fomos para fazer a tal surpresa. Chegamos ao local e não se viam carros nenhuns (e, acreditem, isto é estranho porque na minha família somos cerca de 60 pessoas só desse lado). De repente outro familiar nosso que viu o nosso carro veio à janela a perguntar se se passava alguma coisa para andarmos por ali a essa hora.
- Então o X não faz anos hoje? Viemos para a festa surpresa...
- Não é hoje, ele só faz anos na segunda

A nossa sorte foi não nos termos aproximado demasiado da casa do aniversariante senão lá se ía a surpresa. Pai, estás a ficar caduco.

11 comentários:

Elena disse...

Oh coitado xD Deve ter percebido mal

Mara disse...

tadinho x)

A disse...

Ahahaha acontece aos melhores xD

Daniela F. disse...

E como ficou o teu pai?

Blackbird disse...

Ahah foi por pouco então :)

Noa disse...

Ahah que mau :D

Gabi. disse...

espero que os realizes querida :)

Jota Esse disse...

Isso é que são irmãos, que nem sabem a data de nascimento uns dos outros. eheheh

Aricia disse...

Ahahaha, tolo :p

Aninhas disse...

Ups :/
Mas o que conta é que ainda fazem surpresas e isso é giro :)

Amy ☮ disse...

coitados! ahahaha

r: obrigada! :D eu tinha o e-mail mas só dava quando me pediam, não estava no blog, sequer x)
então e a luz que se gasta? :p
mas também não deve ser muito fácil viver-se sozinha! especialmente naquelas horas de aflição, quando estamos doentes ou assim :x