sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Não quero ser um sacrifício


Ele: Eu até me esforço para falar contigo...
Eu: Então falares comigo é um esforço. Fico feliz em saber.

Eu percebi o que ele quis dizer. Referia-se à falta de paciência para estar imenso tempo em frente de um computador no chat do facebook. E o facto de sermos de redes diferentes faz com que seja praticamente impossível fazermos chamadas de voz com muita frequência. Mas caiu-me mal, de qualquer das maneiras. Porque para mim nunca foi um esforço falar com ele. Até mesmo aquelas nossas conversas parvas que não tinham assunto nenhum, aquele falar só por falar, nunca foi um esforço, e eu valorizava isso.
É claro que pessoas que se vêm todos os dias não têm necessidade de estar em contacto permanente através de um computador, mas para pessoas que só estão juntas de 3 em 3 meses é diferente. Apesar de que para todos os efeitos ele é "só" o meu ex-namorado com  quem continuo a manter uma espécie de relação.
Acho que o que conseguiu foi que eu deixasse de tomar a iniciativa para falar com ele. Não quero ser um sacrifício para ninguém.

9 comentários:

Lani disse...


Olha que a maioria dos namorados mesmo que se vejam diariamente também estão sempre a falar xD
Oh não deves ser um sacrifício para eles, não penses assim *

Gabi. disse...

é verdade querida, mas eu não consigo..
não penses assim!

Aricia disse...

Acho que deves mesmo deixar de ter iniciativa.

Inês disse...

Não o fazemos por mal, garanto-te :)

Às vezes não fale a pena levar o que eles dizem a peito, até porque, em 90% dos casos eles não têm noção do que estão a dizer x)

F. disse...

essa fico-lhe mal ..
r: Eu adoro o porto .

JS disse...

Ahah, falar por favor, vá falar com o Camões. xD

Bárbara disse...

Algumas pessoas se estivessem caladas eram verdadeiras poetas. Assim, só estragam o dia a muito boa gente

Francisca disse...

se ele quer mesmo falar contigo ele irá falar-te :)

Mara disse...

oh, não és nada um sacrifício!