terça-feira, 22 de abril de 2014

Por detrás do nome


Nunca pensei muito acerca de que imagem pudesse passar com o meu nome de blogger e não sei se foi só o JS a imaginar uma "árabe de burca" deste lado.

Aaminah é realmente um nome de origem muçulmana, e representa a dama da  paz e harmonia, foi o nome dado pela minha madrinha de praxe no meu ano de caloira e acaba por ser algo que ainda hoje tem significado. Acho que já tinha feito um post sobre isto mas não quis estar a ir procurar.

Dito isto, não sei como me imaginam, mas não sou árabe e não uso burca (embora não seja algo que diga que nunca vou usar pela possibilidade de emigrar para o Dubai). Pode-se dizer que sou uma nortenha dita normal.

13 comentários:

Mariana disse...

Eheh não, não te imaginava uma árabe de burca xD acho que na altura li o post da explicação por isso :)

Lis disse...

eu por acaso imaginava um coisa assim :b

Kyle Phillipe disse...

por acaso também me soou oriental, mas acho giro :)

r. exatamente, stay true to ourselves :D

Lis disse...

r: a sério? era uma palestra de quê? :)

JS disse...

Mas eu tenho uma imaginação muito fértil e tinha pensado numa árebe mais arrojada. ;P

Hibiscus disse...

Não te imaginava arabe mas gostei de saber a origem do nome :)

Catarina Canhoto disse...

Eu tambem imaginava uma arabe :p

Blackbird disse...

Eu não te imaginava assim apesar de ter associado o teu nome a essa cultura :)

Ana Sá disse...

Não te imaginava assim mas é engraçado a "ideia". Vivo no meio de mulheres de burca, já estou meia habituada, haha.

Ana,
http://lights-colours-sounds.blogspot.co.uk/ xx

Amy ☮ disse...

eu imagino-te como na foto de perfil do blogger: morena, alta, magrinha :)

r: as coisas estão um bocado complicadas. no post de hoje vou explicar porquê :s

Lis disse...

r: é um bom tema !

Kiara disse...

Lembro-me perfeitamente da publicação em que disseste isso mesmo, de o teu nome de blogger ter sido o nome de praxe :b
r: acho que sim, foram precipitados. Muito, aliás. E quem estava a fazer o luto, agora também está um pouco revoltado... Porque cancelar os concertos, ainda é naquela (e mesmo aí, é questionável se é justo ou não), mas cancelar o cortejo? Mau...

Nada disse...

Já me deixei de tentar desvendar nomes de bloggers...falho sempre...o meu então é de uma profundidade que dói --'