segunda-feira, 23 de junho de 2014

Confiar no destino


Uma vez disseram-me que eu não tenho a capacidade de tomar decisões importantes, que deixo que o destino decida por mim e que aceito isso como se fosse a única alternativa. Na altura não foi propriamente um elogio, mas não pude deixar de concordar. A verdade é que quando preciso de decidir entre duas coisas, adio essa decisão até não poder mais, muitas vezes até que uma dessas coisas já não seja sequer possível.

3 comentários:

Helena disse...

Eu tb sou assim. Infelizmente acho eu.

Lis disse...

eu por vezs tambem sou assim , se for um decisão mesmo muito complicada :s

Mara disse...

eu não sou muito assim :p