sexta-feira, 6 de junho de 2014

Into the wild


Já tinha "visto" o filme há uns anos numa aula, mas não sei foi por ter sido dividido em várias partes ou por não ter estado tão atenta, o facto é que a minha opinião acerca dele não era muito positiva.
E só depois de muita insistência para o voltar a ver, depois que quase agredida verbalmente pelos admiradores do filme, decidi ceder. 
O que mais me surpreendeu foi o facto de ser baseado numa história verídica. Já não me lembrava dessa parte. De facto não sou uma amante profunda da natureza, mas não imagino como é que se pode encontrar felicidade naquelas condições, sem ninguém com quem conversar, sem comida ou bebida assegurada ou sem sítio pré-determinado para dormir. E já nem falo em coisas mais supérfluas como um telemóvel ou uma televisão.

Ainda houve uma ou duas partes lá no meio que me fizeram bocejar, continuo a achar que devia estar mais compacto, mas na generalidade gostei, é um bom filme com uma boa mensagem.



4 comentários:

Mara disse...

acho que nunca vi :s

Aricia disse...

Tanto esse como 127 Horas (se não me engano no nome) chocaram-me um bocado e houve partes que não consegui ver muito bem porque bom, era demais para mim. Mas gostei imenso!

Dalma disse...

É o meu filme favorito ahah
AMO!
Deixei-te um desafio no meu blogue para o caso de o quereres aceitar (:

Amy ☮ disse...

é um bom filme? é o melhor filme de sempre, oh!