sábado, 27 de dezembro de 2014

Menos um assunto de 2014 por resolver


Em relação a esta atitude, não conseguia deixar de pensar no assunto sem que ele me explicasse  que aconteceu. E decidi mandar-lhe uma mensagem ontem a manifestar a minha revolta. Literalmente.
Verdade seja dita, ele ainda me consegue surpreender. É claro que eu tinha a certeza absoluta de que tinha sido a existência de uma terceira pessoa a provocar isto tudo. Mas imaginava mais um cenário em que ela fosse uma cabra e o tivesse "forçado" a cortar relações com a ex namorada. Se calhar foi o meu subconsciente que preferiu colocar as coisas dessa forma. A verdade é que não me parece que ela seja uma cabra, mas sim uma miúda apaixonada que aceita o que ele tem para lhe dar. O corte de relações foi uma iniciativa única e exclusivamente dele, de forma a conseguir esquecer-me depois de ter estado comigo uma última vez e ter percebido que ainda era apaixonado por mim. O corte de relações foi a forma que ele encontrou de tentar uma relação com ela sem me ter a mim como sombra.
Continuo a não aceitar que ele me tenha apagado da vida dele desta forma, até porque depois de ter assentado a poeira por termos acabado ficamos relativamente bem, e continuo a achar que pelo menos as datas de aniversários devíamos continuar a respeitar. Mas, como lhe disse a ele, conhecendo-o como conheço, consigo ver o lado dele.

Espero que pelo menos tenha valido e pena e que estejam felizes.



1 comentário:

F. disse...

Realmente é uma pena terem cortado relações por terem acabado ,mas é preciso muito para manter uma , a verdade é essa ..