quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Sentido de orientação: 0. Não, -1


Hoje tive uma formação no Porto às 10h da manhã. Ou seja, tive de percorrer o Porto em hora de ponta para chegar a um edifício que eu não fazia ideia de onde ficava às 10h da manhã. E estava tudo a correr muito bem, até o meu GPS deixar de funcionar a meio do percurso. Caldo entornado. Acabei por sair da auto-estrada onde não devia, e andei por lá perdida mais de 20 minutos. Ainda liguei ao meu pai mas eu nem indicações estava capaz de perceber. O que me salvou foi o meu GPS decidir dar-me tréguas por uns minutos, pelo menos até conseguir chegar ao destino.

E antes de abandonar a minha cidade favorita, ainda tive oportunidade de levar com uma senhora super simpática que bateu super agressiva no meu vidro do carro porque eu tive que ocupar um bocadinho da passadeira num cruzamento. Haja bom feitio logo pela manhã! 

7 comentários:

esperto que nem um alho disse...

Em Madrid já vi um grupo de jovens passar por cima de um carro que parou na passadeira. Por isso não reclames que o tuga é demasiado permissivo. xD

FME disse...

Essas coisas estão sempre a acontecer-me :(

Maria do Mundo disse...

Nós tivemos de comprar um GPS novo, tais não foram as peripécias que tivemos com o primeiro. Boa noite.

Sofia Ramos disse...

Essa senhora deve ter sido a cereja no topo do bolo depois de andares perdida, mas bem poderia ter sido pior :)

Maria disse...

ai os GPS :)

estrela disse...

mesmo assim conseguiste chegar a horas e depois correu tudo bem? se sim, isso é que interessa e vais ver que da próxima vez já não te enganas mais, às vezes acontece a todos estes acidentes de percurso!

Marta Moura disse...

Também sou tão má! :)