domingo, 6 de março de 2016

Vamos lá começar a falar inglês


Há uns anos atrás, que ninguém me falasse em aulas de inglês. Tinha as minhas aulas (obrigatórias) no colégio, tinha o apoio extra-aulas (praticamente obrigatório), e chegava-me perfeitamente para me deixar consumida. E é claro que o facto de ter uma professora que ficava a dever bastante à simpatia e à compreensão também não ajudava. Mas lá fui levando o meu inglês até ao limite, dentro do que me era possível. Deu para me safar com um 15 no final. Conseguia desenrascar umas frases em caso de necessidade.
Acabei por me aperceber que o inglês faz mais sentido do que aquilo que era suposto. Cheguei à universidade e tinha direito a documentos em inglês que era suposto eu consultar/ estudar. Fui de erasmus e tinha todo um grupo de pessoas que em vez de falar italiano, falava o inglês. Até na minha residência universitária me deparava com pessoal que vinha de fora para a minha universidade a falar inglês. E aos poucos fui-me arrependendo de não me ter esforçado na altura certa.
E como agora já não tenho uma vida tão stressante a nível de trabalho, e como já tenho possibilidades económicas para pagar um instituto de inglês, decidi investir nisso.
"E não, não é para emigrar. " - É a resposta que tenho de dar a toda a gente desde que anunciei ao mundo que ía recomeçar a aprender inglês.

9 comentários:

C disse...

o Inglês é cada vez mais uma necessidade, fazes muito bem em cultivar essa parte

disse...

Também estou a investir no inglês agora :) é cada vez mais essencial. Beijinhos e boa semana ^^

disse...

Também estou a investir no inglês agora :) é cada vez mais essencial. Beijinhos e boa semana ^^

Andrea disse...

É uma língua cada vez mais essencial :)

♥Cat disse...

Fazes bem, num mundo cada vez mais global, o inglês vai fazendo cada vez mais falta!
nem mais nem menos | Facebook | Instagram

esperto que nem um alho disse...

Arrependo-me de ter dado tão pouca atenção ao inglês. Agora já não tenho paciência para voltar à escola. Mesmo tendo uma prof de inglês em casa... casa de ferreiro, espeto de pau. ahahah

Marta Moura disse...

Acho que fazes muito bem, é quase indispensável nos dias de hoje dominar a língua.

C. disse...

Hoje é o dia de quem está onde tantas vezes não está mais ninguém! Hoje é o nosso dia: Feliz Dia Internacional dos Enfermeiros

Daniela da Costa Silva disse...

Fazes bem em investir :)